Lovely Complex - Aya Nakahara

Posted by Kynhaa on sábado, 13 de março de 2010. Filed under: , ,


Hoje não irei falar sobre livro que eu li, mas sim sobre o mangá mais recente que li e me encantou completamente. Eu resolvi falar sobre mangás no blog, porque muitos ainda tem um certo preconceito sobre este tipo de leitura, acham infantil e quero mostrar que mangá é muito mais que isso.


Lovely Complex é uma história que se passa entre um garoto e uma garota. A garota, Risa Koizumi, tem 1,70 de altura – sendo um "pouco" alta para a idade; e o garoto, Atsushi Otani, que tem 1,56 de altura – um "pouco" baixo para a sua idade. Por causa disso, e também por serem "engraçados" juntos, eles são conhecidos na escola como "All Hanshin Kyojin" (comediantes japoneses, que é um alto e outro baixo).


Risa e Otani são ambos complexados pelo seu tamanho, ela mais alta, ele mais baixo que vivem brigando por causa disso, inventando apelidos irritantes e engraçados um para o outro e é por isso que o professor dele os apelidou de "All Hanshin Kyojin" que é uma dupla de comediantes um mais alto e outro mais baixo que fazem muito sucesso, podemos dizer que eles são uma especie de O gordo e o magro japoneses.


Quando Risa descobre que está apaixonada por Otani ela entra em panico, afinal, apesar dele está sempre lá nos momentos bons e maus da vida, ele sempre deixou bem claro que ela não era mulher pra ele, que nunca namoraria com uma mulher mais alta e ela também nunca pensou que se apaixonaria por alguém mais baixo que ela. Risa faz de tudo para esconder seu amor mas não é tão fácil, todos seus amigos já perceberam, o engraçado de tudo é que ela levou anos para perceber e Otani levará muito mais tempo para isso acontecer.


Risa, determinada e encorajada por seu amigos, decide se declarar para Otani, no dia do seu aniversário, ele prepara uma surpresa para ela, e lá com fogos de artifícios no explodindo no céu, Risa toma coragem e se declara. O mais engraçado é que nem tudo sai como esperado, e demora mais um tempo para que tudo se "resolva".


O primeiro beijo, o segundo beijo, as declarações, ciumes, obstáculos, os presentes e mais que tudo isso os insultos trocados, torna a leitura tão divertida que você não cansa de ler.


Love Com é um shoujo ( como eu posso explicar sem parecer nerd, shoujo nos termos literarios seria uma especie de chick-lit, é um romance próprio para mulherer), que nos faz refletir sobre a amizade,os nossos sonhos e sempre lutar pelo o que queremos.


Para quem nunca leu nenhum tipo de mangá, eu recomendo completamente, eu tenho certeza que voce irá amar essa nova experiencia. Love Com tem 16 volumes, e encontra-se disponível para ler aqui.

Ps: O mangá encontra-se em inglês, só encontrei ate o volume dois traduzido, o que é uma pena. Para quem irá ler deixo uma dica: Mangá se lê da direita para esquerda, é um pouco confuso no começo, mas depois acostuma. Se você estiver com preguiça de ler ou não sabe inglês, LC também encontra-se na forma de anime(desenho). Eu gostei de ambos, eu lia um volume e logo em seguida via o anime, acho tão magico como os desenhos ganham vida! Mas mesmo assim, dou preferencia ao mangá, nada melhor que uma boa leitura.


Bjos.

4 Responses to Lovely Complex - Aya Nakahara

  1. Anônimo

    Ah adorei :D mas onde eu posso ver o anime?

  2. Kynhaa

    Então, você pode assistir online aqui:http://animesonlaine.blogspot.com/2009/03/lovely-complex.html
    São 24 episódios :D

    Ou fazer o download:http://www.an-house.net/index.php?page=paginas/media/lovely_complex_episodios

  3. Morrigan

    LOVECOM *__________*

    Taí um mangá que merecia ser publicado aqui, aliás, muito me espanta que nenhuma editora tenha pegado ainda.
    Hanadan é outro. aaah, tristeza. T-T

  4. Carolina da Mata Machado

    nunca li o mangá mas já vi o anime, muiiito fofo por sinal e pretendo ler algum dia, apesar de não ser o meu preferido..

    Em matérias de mangás shoujo nada ganha de Fruits Basket *-*

Leave a Reply

Obrigada por comentar, as respostas dos comentários serão postadas aqui mesmo nessa página. Logo que possível passarei em seu blog retribuindo.